Zago minimiza sufoco, aprova o Inter e explica polêmica com Nico López

O Inter conseguiu sua primeira vitória fora de casa no Campeonato Gaúcho nesse domingo, contra o São José-RS. A equipe esteve longe de apresentar um grande futebol, acabou sendo muito pressionada nos últimos dez minutos do jogo, mas segurou o 2 a 1 no placar e chegou aos 14 pontos ganhos. Assim, o Colorado subiu para a sexta colocação, fugiu da zona de rebaixamento e encaminhou sua classificação às quartas de final a uma rodada do fim da primeira fase. Após o duelo no Vale do Aço, o técnico Antonio Carlos Zago se mostrou satisfeito com o que sua equipe apresentou.

“Fizemos o melhor tempo de todos os jogos, tranquilo, girando a bola, sabendo agredir o adversário na hora certa. Criamos várias oportunidades de gol. O São José não chegou a nosso gol. Até os 15 do segundo tempo, estávamos bem. Voltamos com a mesma concentração. Depois do segundo gol, achamos que poderíamos encontrar o terceiro de qualquer maneira. Não foi assim. Nos desorganizamos. A equipe do São José Criou duas ou três oportunidades. Nossa equipe só foi se encontrar no finalzinho do jogo”, avaliou.

Em seguida, Zago fez questão de colocar panos quentes em um eventual desentendimento entre ele e o atacante Nico López, que acabou sacado do time durante a semana e acabou preterido nesse domingo. O jogador sequer fez o aquecimento aos lado dos suplentes durante o intervalo da partida com o São José-RS.

“O Valdívia já há duas semanas vinha treinando muito bem. Achei que merecia uma oportunidade. Fez tudo aquilo que eu pedi para fazer. Até cansar. Eu não vi (Nico fora do aquecimento). A preocupação era com o vestiário. Eu não posso dizer, porque não vi. Fizemos uma substituição forçada, o Eduardo no Charles. Depois, coloquei o Ferrareis no tripé por dentro, adiantei o D’Ale para dar mais consistência no meio-campo. A entrada do Andrigo foi para abrir dois jogadores. São jogadores que ajudam mais na marcação. O Nico não é de beirada. Não corre atrás do adversário. Ele joga mais por dentro”, explicou o comandante.

Na próxima quarta-feira, às 21h45, o Internacional vai receber o Cruzeiro-RS para definir sua classificação ou eliminação precoce no Campeonato Gaúcho. Apesar do mando ser Colorado, a partida ainda não está confirmada para o Beira-Rio.