Zago contesta Red Bull e promete pagar 1/3 da multa

Yahoo Esportes
Zago já se acertou com o Kashima Antlers, do Japão (Ari Ferreira/Bragantino)
Zago já se acertou com o Kashima Antlers, do Japão (Ari Ferreira/Bragantino)

A briga entre Red Bull Bragantino e Antonio Carlos Zago parece bem longe do fim. Depois de o clube acusar o treinador de abandonar o emprego, uma pessoa próxima a Zago entrou em contato com o Blog para apresentar uma versão completamente diferente.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Segundo ela, a multa de R$ 3 milhões cobrada pelo Red Bull seria referente a um contrato novo que não foi assinado pelo Zago. O acordo para a prorrogação do vínculo era somente verbal. E a prova disso, de acordo com o staff do treinador, é o registro de seu contrato na CBF.

Leia também:

O Boletim Informativo Diário da CBF, de fato, mostra o último contrato, com validade até dezembro de 2020 - o novo acordo só se encerraria em dezembro de 2021.

É baseado nisso que Zago entrou com um pedido na Justiça, no último dia 27, para o pagamento de apenas 1/3 da multa, garantindo assim o direito à rescisão do contrato. O valor menor se baseia no antigo vínculo. O Red Bull entende que o novo acordo já está em vigor e por isso exige o pagamento da multa de R$ 3 milhões.

O staff do treinador também desmente que ele se recusou a conversar sobre o pagamento da multa. Hugo Garcia, empresário do técnico, e o próprio treinador garantem que procuraram Thiago Scuro, CEO do clube, para alinhar a rescisão.

Vale lembrar que toda a confusão se deu por que Zago aceitou uma oferta e já foi até apresentado como novo técnico do Kashima Antlers, do Japão.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também