Zé Ricardo vê empate justo, mas admite que Fla deixou a desejar no segundo tempo

O Flamengo deixou a desejar no empate de 1 a 1 com o Volta Redonda, nesta quarta-feira, em Volta Redonda. Consciente disso, o técnico Zé Ricardo não gostou do segundo tempo da sua equipe, mas viu a igualdade no placar como "justa". O treinador lembra que o Rubro-Negro ainda não está classificado para a semifinal da Taça Rio e tem um clássico contra o Fluminense no próximo domingo, em Cariacica.

- Nós precisamos de um resultado contra o Fluminense. O Botafogo pode chegar. Então, fica tudo para a última rodada. No Carioca, estamos numa situação mais confortável, viemos para vencer a partida, mas infelizmente nos comportamos bem só no primeiro tempo, deixamos a desejar no segundo. O empate foi justo - disse o treinador, que gostou do primeiro tempo do Rubro-Negro.

- A primeira etapa me agradou bastante. Numa maior pressão do Volta Redonda, que já era esperada, conseguimos botar a bola no chão. Mas tivemos controle do jogo, tivemos boas oportunidades e fizemos os gols. Mas no segundo tempo perdemos gols... Tivemos Mancuello e Cafu substituídos por lesão. Eles tiveram que ser substituídos. Nós deixamos a desejar. Os jogadores têm boa imposição na bola aérea do Volta Redonda. Depois abrimos o meio, com dois homens de frente e acabamos abrindo a defesa. Ficou um pouco descaracterizado. Gostei muito do Cuéllar, mostrou que pode ser importante. Gostei também do ritmo do Léo Duarte, do Donatti... Foi um ponto positivo, mas fico um pouco chateado pela vitória que não veio - ponderou o técnico do Flamengo.

O Fluminense levou a melhor contra o Flamengo na final da Taça Guanabara e ainda luta pela classificação para a semifinal da Taça Rio. O treinador rubro-negro vê muitas qualidades no adversário.

- Acredito que vai ser um grande jogo. Dependendo dos outros resultados, esse jogo definirá nossa classificação. O Fluminense tem características importantes no futebol de hoje. É rápido na frente, por isso temos que tomar todos os cuidados. Vamos tentar classificar em primeiro para pegar o segundo do outro grupo - afirmou.







E MAIS: