Zé Ricardo quer força máxima contra o Flu

O Flamengo vai passar por uma sequência de jogos decisivos na próxima semana. O primeiro deles é contra o Fluminense, no domingo(30), pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, em seguida, na quarta-feira, o time de Zé Ricardo enfrenta o Universidad Católica, pela Copa Libertadores da América. Apesar da cabeça dos torcedores já estarem no dia 3, o treinador só pensa em como montar a equipe para o Fla-Flu.

Depois do treino realizado nesta sexta-feira(28), no Ninho do Urubu, Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva e afirmou que depende do departamento médico para escalar o time para a grande decisão mas garantiu força máximo dentro do possível.

"Muito provavelmente vamos ter um ou dois jogadores que necessitem ser poupados. A ideia é ter força máxima (contra o Fluminense), até porque é um título importantíssimo para mim, para os jogadores, para a torcida - disse Zé Ricardo nesta sexta-feira".

Zé Ricardo Flamengo Macaé Carioca 01022017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Um dos problemas nos últimos jogos, Everton treinou normalmente com os companheiros mas não tem sua presença garantida na partida já que pode ser poupado pensando exatamente no jogo contra o Católica, que pode valer a classificação antecipada da equipe para as oitavas de final da Libertadores.

Everton Flamengo San Lorenzo Copa Libertadores 08032017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Quem também tem presença pouco provável no Fla-Flu é o zagueiro Donatti, com dores musculares, ele ficou de fora do confronto contra o Atlético-PR na última quarta e também pode ser poupado neste domingo.

A grande incógnita fica com a situação de Éderson que, liberado pelo departamento médico há duas semanas, ainda não voltou a ser relacionado para os jogos. Considerado uma opção tecnicamente superior aos que vem atuando na posição, a comissão técnica trabalha com cautela o seu retorno. A ideia é de que Éderson seja relacionado somente para o jogo contra o Atlético-GO, na estreia da equipe na Copa do Brasil.

Diego, operado na última semana, já trabalha com a bola e não vem sentindo dores, mas seu retorna ainda segue o tempo previsto de cerca de quatro a seis semanas. Já Conca, ainda não tem previsão para ficar à disposição do treinador.

Contra o Fluminense, Zé Ricardo pode colocar na conta seu primeiro título como treinador de uma equipe profissional. Ele começou comandado times das categorias de base do Rubro-Negro e ganhou oportunidade no time principal com a saída de Muricy Ramalho, no ano passado.