Zé Ricardo apresenta cardápio e é certeiro em vitória do Fla sobre o Bota

Pouco mais de 20 mil torcedores assistiram de perto a boa vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Botafogo. O placar diz pouco sobre a partida, já que o Rubro-Negro foi bem superior e poderia ter saído de campo com uma goleada se não fossem os gols perdidos. Por outro lado, apesar de visivelmente cansado, o time Alvinegro merece aplausos, lutou, tentou e até sufocou o adversário nos minutos finais e em momento algum colocou a culpa da eliminação no desgaste físico.

Antes da bola rola, logo quando a escalação foi divulgada os Rubro-Negros ficaram apreensivos. Três volantes e o retorno de Rafael Vaz no lugar de Donatti na zaga. Em compensação, Everton voltou ao time titular após um período em que esteve lesionado. Mas tantos os três volantes, quanto Rafael Vaz, que teve atuação segura, não deram motivos para os torcedores se preocuparem.

Um ponto importante e que vale ser bem destacado é que Zé Ricardo mostrou alternativas. Sem Diego, lesionado contra o Atlético-PR, era de se esperar que o retorno de Ederson aos gramados fosse acelerado, não aconteceu, ao contrário disso, o treinador optou por escalar o time com três volantes o que não significa que a equipe foi menos ofensiva.

Arão Flamengo x Botafogo Carioca 23 04 17

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Até porque, mesmo que na escalação os jogadores que atuaram pelo meio fossem volantes de origem não foi dessa forma que se posicionaram em campo. Márcio Araújo ficou responsável por proteger a zaga enquanto Arão e Rômulo se intercalavam para armar as jogadas no meio-campo. 

Muito bem orientado, o time apoiava e voltava em bloco, além de trabalhar a bola com paciência para cansar o adversário que já vinha com um grande desgaste. Paolo Guerrero, inteligente como sempre e agora matador como nunca, saia da área para armar as jogadas, às vezes tabelando com Trauco, outras com Gabriel, a quem de fato substituiu Diego.

No segundo tempo, Zé Ricardo mostrou mais uma vez o seu trabalho. Colocou Renê e adiantou Trauco na ponta esquerda infiltrando pelo meio. Tirou o Rômulo para colocar o Berrío fazendo com que Arão voltasse a ser o segundo volante. 

Guerrero Flamengo x Botafogo Carioca 23 04 17

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

O resultado, repetimos, não reflete o que foi o jogo. A superioridade Rubro-Negro foi do início até aproximadamente os 40 do segundo tempo. E nesse meio tempo, Zé Ricardo mostrou que está muito lúcido sobre o que vem fazendo no comando da equipe.

Agora, com algumas opções testadas, o Flamengo encara o Atlético-PR pela quarta rodada do grupo 4 da Copa Libertadores da América. Sem Diego, o treinador vai mostrar mais uma vez o seu cardápio para suprir a ausência do craque do time.