Zé Elias vê um Grêmio 'previsível' e diz que diretoria tem que cobrar mais Renato Gaúcho

LANCE!
·2 minuto de leitura


O comentarista Zé Elias entende que o Grêmio de Renato Gaúcho está previsível. Analisando a cobrança do presidente Romildo Bolzan ao meia Jean Pyerre, o ex-jogador apontou que o treinador também deve ser cobrado por um melhor desempenho do Tricolor nas competições, apontando que os adversários já sabem como o time jogará.


>> Veja a tabela da Libertadores 2021


- Eu mencionei o recado do Romildo. Eu concordo que o Jean Pyerre está bem abaixo, ele poderia render mais. A situação que ele está se encontrando agora é a mesma situação que o Luan encontrou no Grêmio. Por que? Por causa dessa posição em que ele joga. Hoje em dia é muito difícil, porque os times já sabem, já treinam, já se preparam para tirar os espaços desse camisa 10, desse falso nove, que chega um pouco mais para armar. Meu questionamento é: O Jean Pyerre tem a parte dele, mas e o Renato? Vai criar situações para ajudar o Jean Pyerre? - disse Zé Elias nesta quarta-feira no programa "Futebol na Veia", da ESPN Brasil.

- O Pepê, nos últimos seis meses, dá pra contar nos dedos quantas partidas ele jogou bem (...) Porque a gente já sabe como esse Grêmio vai jogar. Tem que mudar um pouco, começar a cobrar o treinador. A cobrança sobre os jogadores é perfeita, mas tem que sentar e falar "Renato, o que a gente pode mudar?". Está chegando, mas poderia brigar mais pelo Campeonato Brasileiro, chegar mais na Libertadores... - completou.

Na última terça-feira, o Grêmio se classificou para a Fase 3 da Libertadores após vencer o Ayacucho por 2 a 1, no Perú. O Imortal já havia vencido a partida de ida por 6 a 1. O time de Renato Portaluppi enfrentará o Independiente Del Valle, do Equador, por uma vaga na Fase de Grupos da competição.