Zé Eduardo volta ao Cruzeiro, mas não estã nos planos de Felipão

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


Após o empréstimo sem sucesso para o América-RN, o atacante Zé Eduardo retornou ao Cruzeiro, mas não será utilizado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

O jogador se reapresentou ao clube mineiro nesta terça-feira, 17 de novembro, e ainda foi advertido pela diretoria por ter se ausentado dos treinos de sábado e segunda-feira, apesar de estar em Natal justamente para iniciar os trabalhos no time potiguar.

O Cruzeiro disse que não liberou o atacante para faltar aos treinos de sábado e segunda-feira, contrariando seu staff, que explicou que Zé Eduardo fora liberado na sexta-feira para viajar.

Negócio travado

O acordo em empréstimo entre Raposa e América-RN estava certo, mas divergências no percentual que seria cedido ao Dragão travaram o negócio e, por enquanto, o jogador fica em BH.

A equipe celeste queria a devolução dos 15% dos direitos de Zé Eduardo para ceder novamente por empréstimo o avante, até o fim da Série D do Brasileiro. Mas, o time do Rio Grande do Norte não topou o negócio e recuou, se tornando uma “novela”, pois o atacante não será utilizado pelo clube, nem será cedido.

Zé Eduardo foi solicitado pela Raposa para reforçar o elenco, pois vinha com bons números no ano, com nove gols em 10 jogos. Todavia parece não ter agradado nenhum treinador que esteve no time mineiro. O avante jogou apenas 20 minutos em campo, no jogo contra o Oeste, pela Série B.

Até uma faixa foi posta em frente à Toca da Raposa II para que Felipão, atual comandante cruzeirense, desse uma chance ao jogador. Zé Eduardo ficaria no América-RN até o fim da Série D do Brasileiro. O Cruzeiro iria pagar 80% do salário do jogador e o restante seria quitado pelo Dragão. Neste momento, ele é jogador da Raposa. Por enquanto.