Zé Carlos pede tranquilidade e pés no chão no Campeonato Catarinense

LANCE!
·1 minuto de leitura


Em sua nona participação no Campeonato Catarinense, o goleiro Zé Carlos prefere não cravar o favoritismo projetado pela torcida, mas diz que o Marreco tem capacidade de ir muito além. O arqueiro também já defendeu as cores do Avaí, Criciúma, Concórdia e, inclusive, Marcílio Dias, primeiro adversário do Bruscão, na próxima quarta-feira (24), às 19h, no estádio Hercílio Luz.


- Eu não gosto de bater o martelo em nada, principalmente no futebol, onde só podemos comemorar ou chorar, após o apito final, mas posso dizer que nosso time tem toda capacidade e força para brigar, sim, pelo título. Batemos na trave na temporada passada, o nosso time continua muito forte, mas como sempre digo, humildade e pés no chão, além da entrega dentro de campo, são essenciais para ir longe em qualquer competição - dispara Zé Carlos.


Ainda sem saber se será o goleiro titular, ele adianta que fará o seu papel como profissional e admirador do clube, estando dentro das quatro linhas ou não.

- Não sabemos ainda se sairei jogando, e mesmo que não, o meu papel será feito, eu estando lá debaixo do gol ou não. Sempre apoiando e mostrando minha visão sobre a partida, porque o objetivo coletivo é o que importa neste momento, queremos continuar fazendo história - garante.

Para este início da competição, o goleiro ainda diz que uma vitória ajuda a dar um "gás" para as próximas partidas.

- Com certeza vencer na estreia ajuda a dar uma animada, um gás para a sequência, então, que voltemos para a casa com os três pontos - finaliza.