Yuri Alberto valoriza entrega do Corinthians e revela reação de Vítor Pereira no vestiário

Yuri fez o gol de empate do Corinthians no Couto Pereira (Foto: Divulgação/Corinthians)


Com um jogador a menos desde a metade do primeiro tempo, o Corinthians superou a adversidade e buscou o empate por 2 a 2 com o Coritiba, na penúltima rodada do Brasileirão. Autor de um gol e uma assistência, Yuri Alberto elogiou a entrega e a dedicação da equipe no Couto Pereira.

+ ATUAÇÕES: Yuri salva o Timão em noite desastrosa da defesa; veja notas

- Agradecer a Deus, mais uma assistência e gol com essa camisa grandiosa. Jogo difícil com um a menos, time lutou bastante, conseguimos um empate importante fora de casa com um jogador a menos. Todos estão de parabéns, soubemos sofrer - iniciou o centroavante ao Premiere.

No primeiro tempo, o Timão não só perdeu Bruno Méndez, como o técnico Vítor Pereira, que reclamou bastante com a arbitragem após o pênalti de Fausto Vera em Régis. Yuri contou que o treinador português estava agitado no vestiário.

- O professor estava chateado (no intervalo), ficou nervoso, ele é bem pilhado, vamos dar uma acalmada nele para que não aconteça novamente - disse.

+ Veja tabela e simule a reta final do Campeonato Brasileiro

O camisa 9 também contou que VP pediu aos atletas para usarem a vitória sobre o Santos, na qual Yuri foi expulso, como exemplo de superação no segundo tempo contra o Coxa.

- Todas as coisas que ele fala dentro de campo, ele falou lá, para a gente manter o foco, ficar concentrado. Com um a menos já tínhamos conseguido uma vitória contra o Santos, e conseguimos o empate. Tentamos o terceiro, mas não deu - ponderou.

No final do jogo, após perder a bola no ataque, Yuri Alberto arrancou a bandeirinha e recebeu cartão amarelo. O centroavante pediu desculpa à torcida do Coxa pelo ato.

- Eu fiquei nervoso com a bandeira, peço desculpa aos torcedores coritibanos, não foi nada de falta de respeito à torcida de vocês - concluiu o camisa 9 corintiano.

O Corinthians faz seu último jogo do ano neste domingo (13), às 16h, na Neo Química Arena, contra o Atlético-MG.