De Yuri Alberto a Douglas Costa: Rafinha comenta discussões com rival colorado e novo colega de Tricolor

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Rafinha, sem dúvida alguma, virou personagem do Grêmio na conquista do Campeonato Gaúcho. Não apenas pela naturalidade como se encaixou no time, mas também por levar a campo um espírito de disputa que está identidade do clube. Depois da final, na qual foi expulso, um vídeo seu fazendo um pagode e ironizando Yuri Alberto viralizou na Internet. No entanto, o que poucos se lembram é que o lateral-direito também já entrou em polêmica com Douglas Costa, novo reforço tricolor.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista à ESPN, o multicampeão falou sobre os dois fatos. A questão envolvendo o atacante colorado ele viu como algo "do jogo" - ambos foram expulsos aos 37 minutos do primeiro tempo após forte discussão. "Trocamos várias palavras delicadas na hora do jogo, falamos muita bobeira um para o outro, mas não falei nada de título, da idade dele. O que eu fiz fala por si mesmo. Todo mundo sabe o que eu ganhei. Menino me xingou, eu também xinguei ele, mas coisa de jogo. Tenho bastante título, Yuri é garoto, vai conquistar muito título ainda", afirmou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Segundo Rafinha, o futebol precisa de um tom menos amargo na hora de lidar com provocações naturais. "Ele devia estar tão nervoso. Falou 'você pensa que é quem, cara?'. Mas eu falei coisa para ele também. É coisa de jogo, isso aí vale, é brincadeira, discussão na hora. A gente tem que pensar que essas coisas são válidas no futebol. Se acabar isso, futebol fica sem graça. Se tivesse perdido o campeonato, festa deles seria muito grande. Essa tiração de sarro vale muito, tem que saber diferenciar disso e tiração de sarro. É o que dá graça ao futebol", completou.

E DOUGLAS COSTA?

A discussão entre Rafinha e Douglas Costa ocorreu quando o primeiro já defendia o Bayern de Munique e o segundo, o Shakhtar Donetsk. O lateral ironizou uma provocação do atacante a Schweinsteiger, durante duelo entre os clubes pela Champions League. No entanto, segundo ele, tudo superado. "Aquela vez eu realmente, no calor do jogo, acabei me esxcedendo, falando algumas coisas. As palavras poderiam ter sido ditas de outra forma. Conversei com o Douglas depois, até porque o Guardiola pediu a mim para ir lá no vestiário, pedir se ele queria vir pro Bayern. Para você ter uma ideia da situação", contou.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos