Yuri Alberto critica arbitragem em derrota do Inter para o Juventude: 'Lamentável'

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Com o Estádio Alfredo Jaconi passando por reformas visando a participação do Juventude na Série A do Brasileirão, o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Gaúcho, na tarde deste domingo (2), precisou ser disputada no Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves. Derrotado por 1 a 0 pelo time de Caxias, o Internacional saiu de campo bastante frustrado, e seu principal artilheiro, Yuri Alberto, não hesitou em apontar os 'culpados' para o revés colorado.

Não é o que precisa melhorar. Muitos fatores prejudicaram o Internacional, o gramado, lamentável essa arbitragem também, mas nesse segundo jogo a gente vai com tudo. Se Deus quiser vamos conseguir a vitória e a classificação

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Como destaca o UOL Esportes, a reclamação do atacante se deu por conta de um suposto pênalti em favor do Colorado, marcado pelo árbitro de campo Douglas Schwengber da Silva, mas cancelado pelo próprio após consulta à cabine do VAR. Por ter perdido o jogo de ida, o Inter precisará vencer por dois ou mais gols na volta para se classificar à decisão do Gaúcho. Triunfo por um gol de diferença leva a disputa da vaga para as penalidades.

Ramírez corrobora fala de Yuri Alberto sobre gramado

Ramírez também não gostou do gramado da Montanha dos Vinhedos | SILVIO AVILA/Getty Images
Ramírez também não gostou do gramado da Montanha dos Vinhedos | SILVIO AVILA/Getty Images

"Nesse tipo de gramado é muito difícil jogar o que queremos jogar. O passe não é rápido, o controle no primeiro contato se levanta, os cruzamentos não acontecem direito, o remate de primeira, em um gramado bom, seria capaz de executar. Como estava hoje, é complicado para jogar. Esse campo é muito difícil criar, controlar", afirmou o técnico em coletiva (via ge).

O próximo compromisso do Internacional está programado para a próxima quarta-feira (5), quando recebe o tradicional Olimpia-PAR, no Beira-Rio, pela terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.