New York Times compra o site de informações esportivas The Athletic

·2 min de leitura
A sede do New York Times em Manhattan (AFP/MARIO TAMA)

O New York Times vai adquirir o site de informação esportiva The Athletic, que em seis anos se tornou uma referência no seu setor, um novo sinal da diversificação do grupo de imprensa, diversos meios de comunicação noticiaram nesta quinta-feira (6).

"A aquisição do The Athletic nos coloca em uma posição para ser um líder mundial em jornalismo esportivo e oferecer aos anglofalantes de todo o mundo outra razão para recorrer à The Times Company para satisfazer suas necessidades cotidianas e de notícias", disse a diretora do New York Times, Meredith Kopit Levien, em um comunicado.

A empresa pagará 550 milhões de dólares pelo The Athletic, que se tornou um líder na cobertura esportiva nos últimos seis anos, aproveitando um contexto difícil para os veículos locais.

Espera-se que a transação, reportada pela primeira vez pelo site de tecnologia The Information, seja concluída no primeiro trimeste.

Levien afirmou que a inclusão ajudará o Times a alcançar seu objetivo de mais de 10 milhões de assinantes, frente aos oito milhões atuais.

Lançado em 2016, o The Athletic optou por reportagens esportivas pagas com forte presença local, contratando jornalistas renomados nas principais cidades americanas.

Tirando vantagem da saúde debilitada de uma imprensa local, muitas vezes financeiramente esgotada, a plataforma se tornou um local essencial para a informação esportivas nos Estados Unidos.

No final de 2021 contava com cerca de 1,2 milhão de assinantes, segundo diversos meios de comunicação nacionais.

O site cresceu rapidamente, lançando uma versão no Reino Unido em 2019 e fazendo parceria com o grupo de televisão australiano Optus Sport em 2021. Ele também criou vários podcasts, incluindo o popular The Lead.

Mas, de acordo com vários meios de comunicação dos EUA, o The Athletic está lutando para obter lucratividade e atualmente considera reorientar sua estratégia.

Nos últimos anos, o New York Times embarcou em uma política de aquisições direcionadas para diversificar seu público, rejuvenescê-lo e enriquecer sua oferta, de receitas culinárias a podcasts.

Em 2016 comprou o site Wirecutter, que testa e recomenda produtos, antes de assumir o controle, em junho de 2020, do estúdio Serial Productions, que está por trás do primeiro grande sucesso no universo do podcast, o "Serial".

De acordo com o banco de dados Crunchbase, o The Athletic arrecadou um total de 139,5 milhões de dólares de investidores desde seu início, e foi avaliado entre 500 milhões e 1 bilhão de dólares em janeiro de 2020.

tu/Dt/led/dg/lda/ap/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos