Ymanitu Silva estreia na madrugada desta terça no Australian Open

Divulgação


Ymanitu Silva, atleta ADK Tennis, do Itamirim Clube de Campo, de Itajaí (SC), oitavo do mundo, estreia na madrugada desta terça-feira, em torno de 2h, no Aberto da Austrália.

Ele enfrenta o número 1 do ranking, o holandês Niels Vink, no quarto jogo da quadra Margaret Court, a segunda principal do primeiro Grand Slam do ano, disputado em Melbourne. Esta é a primeira vez que um tenista cadeirante brasileiro disputa o Australian Open e este será o terceiro Slam diferente do catarinense que disputou duas vezes o torneio de Roland Garros com vice-campeonato de duplas, e jogou Wimbledon no ano passado.

"Estou aqui na Austrália desde o dia 7 onde participei de duas competições que serviram para eu fazer uma boa aclimatação. Cheguei em Melbourne dia 21 e já estou treinando aqui no complexo do Australian Open com meu treinador Wanderson Cavalcante desde então. Aqui é verão e as condições climáticas são muito semelhantes com as nossas, então quanto a isso estou bem preparado. Muito feliz em estar participando do meu quarto grand slam e dessa vez estreando em outro diferente. Mais um sonho se realizando e outra conquista para a minha carreira assim, sigo fazendo história. É uma estreia difícil e dura , mas estou muito feliz em estar aqui, agora é dar o meu melhor dentro de quadra amanhã", disse.

Nas duplas, Ymanitu jogará ao lado do sul-africano Donald Ramphadi. Eles enfrentam Andy Lapthorne, da Grã-Bretanha, e David Wagner, dos EUA, cabeças de chave 2. Ainda não há data marcada para esta partida.