Yeltsin Jacques conquista primeiro ouro no atletismo para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

·1 minuto de leitura


O atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio já começou com medalha de ouro para o Brasil. Nos 5.000m masculino, classe T11, para cegos, Yeltsin Jacques fez o melhor tempo, com 15m13s62 e subiu ao lugar mais alto do pódio. O atleta começou a prova na frente, foi ultrapassado nos últimos 400 pelo japonês Kenya Karasawa, mas retomou a ponta na última volta ao lado do atleta-guia Carlos Antônio dos Santos.

+ Brasil leva bronze no revezamento 4x50m misto, e Daniel Dias alcança a 27ª medalha em Jogos Paralímpicos

- Nós treinamos mais de dois anos intensos para essa prova. Foi uma prova de bastante estratégia. Eu já tinha definido uma estratégia prévia próxima a isso e os meninos (guias) foram me passando todas as informações, o Laurindo já tinha me passado. Já vimos quem era quem, aí quando o Carlos (guia) entrou e me avisou, é o queniano e o japonês. Como a minha esposa tinha estudado antes, ela me falou tudo que tinha que fazer - disse o brasileiro ao 'SporTV'.

+ Jovane Guissone conquista a medalha de prata nos Jogos Paralímpicos

Yeltsin Jacques aumentou a coleção de medalhas no peito. Antes de Tóquio, o atleta já havia sido ouro nos 1.500m no Parapan-Americano de Lima, em 2019, e ouro também em Toronto 2015, na prova de 5.000m. O velocista também tem medalhas de prata e bronze no Mundial de 2013, disputado na França. Outro brasileiro na prova, Júlio Cesar Agripino dos Santos chegou na sétima colocação, com tempo de 16m26s31.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos