Mandatário da Federação Portuguesa é nomeado vice-presidente da Uefa

Lisboa, 5 abr (EFE).- O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, foi eleito nesta quarta-feira para ocupar uma das vice-presidências da Uefa e se tornou o primeiro português da história a chegar ao cargo.

Em comunicado, a entidade explicou que Gomes será o encarregado das relações com os clubes e presidirá também o Conselho de Administração da empresa responsável pela Liga dos Campeões.

A nomeação do português ocorreu durante o 41º Congresso Internacional da Uefa, realizado em Helsinque, na Finlândia, onde foram nomeados outros quatro vice-presidentes: o espanhol Ángel Villar, o sueco Karl-Erik Nilsson, o ucraniano Hryhoriy Surkis e o alemão Reinhard Grindel.

Após ser nomeado, Gomes recebeu os parabéns de muitos compatriotas, entre eles o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que destacou em comunicado que se trata de "mais um exemplo em uma organização internacional que prova o mérito e a competência dos portugueses".

Gomes, presidente da Federação Portuguesa desde 2011, apoiou a candidatura do atual líder da Uefa, o esloveno Aleksander Ceferin, nas eleições de setembro para suceder o francês Michel Platini. EFE