Yago Felipe se desdobra em nova função e pode dar novo caminho para Flu seguir sólido no Brasileiro

Vinícius Faustini
·1 minuto de leitura


A invencibilidade de oito jogos alcançada pelo Fluminense veio acompanhada por um novo olhar sobre a equipe. O técnico Odair Hellmann encerra o primeiro turno do Campeonato Brasileiro contando com um elenco mais confiante e capaz de adaptar a novas alternativas de jogo, como foi o caso de Yago Felipe.

Na vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, na Arena Castelão, o meio-campista mostrou segurança mesmo atuando em uma faixa incomum, mais próximo a Hudson. O bom rendimento do camisa 20 foi crucial na Arena Castelão e rendeu reverências do comandante.

- São as variações que estamos fazendo desde o início do ano. Optamos por lateralizar Hudson e Yago. Quando as coisas encaixam, fazer essa mudança traz um desconforto. Mas vimos durante a semana que traria o mesmo padrão que teríamos com o tripé. É importante porque gera confiança.... - disse o comandante.

A alternância entre a marcação e a criação de jogadas ficou nítida nos seus números. De acordo com dados do SofaScore Brazil, Yago conseguiu seis desarmes, ganhou dez duelos em 15 disputados e acertou 44 dos 50 passes (média de 88%).

Números que comprovaram a maneira como o meia tentou se impor em todas as áreas no Tricolor das Laranjeiras no duelo do último sábado, diante do Fortaleza. O bom desempenho coroa uma semana que começou com muitos desafios para Yago Felipe.


- A gente no início da semana tinha dúvida quanto ao Yago, que estava voltando de lesão. Ele se estabeleceu nos treinamentos. Ficamos felizes porque independentemente da variação, a resposta tem sido positiva. É por isso que estamos aliando performance e resultado - declarou.

Ciente de que já tem mais uma "cartada" para a equipe, o técnico Odair Hellmann tenta assegurar que a performance de Yago Felipe prossiga com plenitude no elenco tricolor.