Xodó no Fla, Rafinha revela desejo em encerrar a carreira em outro clube


Rafinha e Flamengo formam um casamento que deu deu certo desde os primeiros dias. A torcida abraçou a contratação - que se arrastou até o lateral-direito encerrar o seu vínculo com o Bayern de Munique - e o atleta brilhou nas conquistas da equipe de Jorge Jesus, de meados de 2019 até aqui.

Mas a torcida rubro-negra pode não ser a última a ver Rafinha de perto. Isso porque, em entrevista ao "Quarentena do Alê", programa do Esporte Interativo, Rafinha revelou que gostaria de encerrar a carreira no Coritiba - clube que o revelou e onde atuou, já nos profissionais, de 2004 a 2005.


Por ser em um quadro de respostas breves, Rafinha não se estendeu acerca do tema. Sobre o Flamengo, o defensor de 34 anos rasgou elogios ao clube e afirmou que ter parado no Ninho do Urubu foi uma "mudança fundamental".

- Foi uma mudança fundamental na minha vida. Foi difícil de decidir, mas graças a Deus deu certo. Vir pro Mengão, é bom conquistar títulos em time grande - contou Rafinha, que ainda comentou o fato de ser um dos raros campeões da Liga dos Campeões e da Libertadores:

- Ganhar a Champions e a Libertadores é embaçado, não é para qualquer um não. Tive a felicidade de ganhar as duas competições. Tem que respeitar o velhinho aqui (risos) - completou o lateral, cujo o atual contrato com o Fla expira em meados de 2021.




Xodó no Flamengo, Rafinha completou um ano de casa nova no último dia 9. Pelo Rubro-Negro, soma 39 partidas, com 30 vitórias, seis empates e só três derrotas. Os títulos já são quatro: Campeonato Brasileiro, Libertadores, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também