Xavi tem cláusula de rescisão mais alta do que o Barcelona imaginava

·1 min de leitura


Xavi, técnico do Al-Sadd, possui uma cláusula de rescisão contratual no valor de cinco milhões de euros (R$ 32 milhões), segundo o "As". A multa é mais alta do que o Barcelona imaginava encontrar para tirar o comandante do Qatar e levá-lo para a Catalunha.

Essa cláusula foi assinada na última renovação de contrato do treinador espanhol com o clube árabe, em junho de 2020. Em seu antigo acordo, Xavi possuía em brecha que permitia uma mudança para o clube culé, e somente este, sem custos.

> Veja a tabela da Champions League

No entanto, o proprietário do Al-Sadd pediu ao técnico que o clube árabe pudesse ter voz e voto em uma decisão caso o Barcelona buscasse a contratação de Xavi antes de 2023, que é o ano em que se encerra o vínculo entre o treinador e o líder da Q-League.

Mohammed bin Hamad ainda está disposto a negociar a transferência do treinador para a Catalunha em um acordo de cavalheiros. No entanto, o sheik insiste em um encontro com Joan Laporta, presidente da equipe blaugrana, antes de acertar a saída do atual comandante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos