Xavi explica recusa ao Barcelona e promete volta ao Camp Nou no futuro

Xavi recusou o convite para assumir o comando do Barcelona (Karim Jaafar / AFP)
Xavi recusou o convite para assumir o comando do Barcelona (Karim Jaafar / AFP)


Xavi Hernandez comentou pela primeira vez sobre as negociações com o Barcelona. Na véspera da decisão da Copa do Qatar, o treinador do Al-Sadd confirmou a proposta do seu antigo clube e explicou os motivos de não querer voltar ao Camp Nou neste momento. Ele, no entanto, prometeu um retorno ao clube culé no futuro.

- Sim, eu recebi uma oferta do Barça na presença de Abidal e Òscar Grau, mas eu não aceitei porque acho que é muito cedo para treinar o Barcelona, mas o meu sonho para o futuro é ser treinador do clube.

Xavi começou sua trajetória como treinador no clube árabe após pendurar as chuteiras e está no cargo há pouco mais de seis meses. O espanhol explicou que se reuniu com os dirigentes do Barcelona em três ocasiões (sexta-feira, sábado e domingo), em Doha, antes de recusar a oferta. Ele tem contrato com a equipe atual até junho de 2020.

- Primeiro falei com a minha família e depois com os jogadores do Al-Sadd. Durante três dias não estive nos meus melhores momentos, mas agora estou totalmente focado no clube.

Um dos maiores ídolos do Barcelona, Xavi não poupou elogios e desejou sorte ao novo treinador: Quique Setién.

- Me encanta o novo técnico do Barcelona, me encanta sua forma de trabalhar e espero que tenha sucesso com a equipe.

Xavi irá disputar a final da Copa do Qatar nesta sexta-feira, às 11h30 (horário de Brasília), contra o Al-Duhail, time que lidera o campeonato nacional e é treinado por Rui Faria, ex-assistente de José Mourinho. O treinador está animado após a classificação na semifinal com uma goleada por 4 a 1 contra o Al-Rayyan. A decisão será disputada em jogo único.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também