Xavi encara Real Madrid em busca de primeira final como técnico do Barça

·3 min de leitura

O Real Madrid e o Barcelona se enfrentam nesta quarta-feira (11) em Riade pela semifinal da Supercopa da Espanha, o primeiro clássico de Xavi como técnico do clube catalão.

A Supercopa volta à Arábia Saudita dois anos depois que o Real Madrid venceu o Atlético nos pênaltis na final de 2020 em Jidá (leste). A edição de 2021 foi disputada na Espanha por conta da pandemia.

O troféu está em sua terceira edição no novo formato de quadrangular final, que colocará frente a frente na primeira semifinal o Real Madrid, vice-campeão espanhol, contra o Barça, atual campeão da Copa del Rei.

Na quinta-feira, o Atlético de Madrid, atual campeão espanhol, enfrenta o Athletic Bilbao, finalista da última Copa del Rei e campeão da Supercopa de 2021.

As duas partidas serão disputadas no Estádio King Fahd, em Riade, que também receberá a final do troféu no próximo domingo.

Os 30 mil ingressos (pouco menos da metade da capacidade do estádio devido à pandemia) colocados à venda foram vendidos para o clássico desta quarta-feira, o primeiro oficialmente disputado fora da Espanha.

A equipe merengue, atual líder do campeonato espanhol, parece chegar em uma posição melhor do que o Barça, sexto na Liga, 17 pontos atrás do arquirrival da capial.

- Cautela merengue -

"Jogamos contra um rival forte que tem tido mais problemas do que nós, mas é um jogo único com duas equipes que têm o mesmo objetivo de chegar à final", alertou nesta terça-feira o técnico do Real Madrid, o italiano Carlo Ancelotti.

"É um jogo em que tudo pode acontecer", acrescentou Ancelotti, que voltará a apostar na sua dupla de ataque formada pelo francês Karim Benzema e o brasileiro Vinicius Junior, que atravessa grande fase.

Benzema lidera a artilharia do Campeonato Espanhol com 19 gols, enquanto Vini tem 12. No Barça, o maior goleador é o holandês Memphis Depay com 8 gols.

Enquanto Ancelotti tem longa experiência em clássicos, será o primeiro duelo contra o arquirrival para o agora técnico Xavi Hernández, que disputou diversas vezes 'El Clásico' como jogador do clube catalão.

"Para nós é um desafio, uma oportunidade de jogar uma final por um título e pode ser um ponto de virada", disse Xavi nesta terça-feira.

"A credibilidade que ganhar um jogo como este daria ao projeto é tremenda", acrescentou o técnico do Barça.

Além de poder contar com Pedri e Ferran Torres, que haviam testado positivo para covid, Xavi incluiu na viagem o zagueiro uruguaio Ronald Araújo, o holandês Frenkie de Jong e o jovem Ansu Fati, que regressam de lesão.

- 'Imprevisível' -

Embora o Barça pareça chegar em pior fase do que o rival ao jogo, Xavi, que como jogador viveu "clássicos de todas as cores", considera que "pela minha experiência, um clássico é imprevisível, nunca se sabe o que pode acontecer".

Uma vitória contra o Real Madrid serviria de impulso e valeria uma vaga na final da Supercopa, cuja disputa na Arábia Saudita, um reino ultraconservador muito criticado pelos defensores dos direitos humanos, continua dividindo opiniões.

"Ir para outro país para jogar tem o sentido que todos sabemos que tem. Não faz sentido ir lá para jogar um jogo que tinha que ser jogado aqui", declarou o veterano Raúl García, jogador do Athletic Bilbao, na segunda-feira, apontando para os óbvios interesses econômicos.

A Federação Espanhola (RFEF) assinou um contrato de três anos para disputar a Supercopa na Arábia Saudita no valor de 120 milhões de euros.

Ao mesmo tempo, a Anistia Internacional pediu na segunda-feira às equipes participantes "um gesto em favor dos direitos das mulheres" no país árabe.

A polêmica sobre os direitos das mulheres sauditas (que foram autorizadas a assistir às partidas da Supercopa em 2019) marcou a primeira edição do torneio no país árabe.

gr/psr/mcd/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos