WSL adia e cancela etapas do Mundial de surfe por causa da pandemia

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Liga Mundial de Surfe (WSL) anunciou nesta terça-feira (5) o cancelamento da próxima etapa do seu circuito, Sunset Open, prevista inicialmente para começar em 19 de janeiro em Oahu, no Havaí. O evento seguinte da liga, em Santa Cruz (Califórnia), que teria início em 2 de fevereiro, foi adiado, ainda sem nova data prevista para acontecer. A medida se deve ao aumento de infecções pelo coronavírus nos dois estados americanos. Com isso, a temporada 2021 da WSL, iniciada em dezembro de 2020, justamente no Havaí, só deverá ser retomada em abril, na Austrália. Após cancelar toda a edição de 2020, a liga esperava ter mais tranquilidade para organizar a atual temporada. Isso não vem acontecendo. Apesar de ter conseguido concluir as primeiras disputas, com vitórias de John John Florence e Tayler Wright, a organização encarou contratempos. A etapa masculina, em Pipeline, ficou vários dias suspensa por casos de contaminação pelo vírus, e a feminina precisou ser transferida de Maui para Pipeline após um ataque de tubarão matar um surfista amador no local original.