Wolfsburg recorre de eliminação da Copa da Alemanha por ter feito seis substituições

·1 minuto de leitura
O técnico holandês Mark van Bommel, do Wolfsburg, durante partida contra o Bochum, pelo Campeonato Alemão

O Wolfsburg anunciou nesta terça-feira que entrou com uma ação contra sua eliminação na Copa da Alemanha, após o treinador da equipe, Mark van Bommel, ter feito seis alterações em vez das cinco autorizadas, na primeira fase eliminatória.

“O VfL Wolfsburg recorreu da decisão tomada ontem (segunda-feira) pela DFB” (Federação Alemã de Futebol), divulgou o clube em comunicado publicado nesta terça-feira.

No dia 8 de agosto, o holandês Mark van Bommel, em seu primeiro jogo ao comando do Wolfsburg, fez a sexta alteração nos acréscimos da partida contra o Preussen Münster (da 4ª divisão), ao invés das cinco autorizados, antes de vencer o duelo por 3 a 1 na prorrogação .

O time rival denunciou a situação à Federação Alemã de Futebol, que decretou a vitória do Münster por 2 a 0.

ryj/bk/dga/fby/bpa/iga/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos