Witsel, da Bélgica, admite surpresa com desempenho do Canadá, diz que Brasil é favorito e exalta Courtois


Apesar da vitória sobre Canadá na estreia da Copa do Mundo, a Bélgica deixou a desejar e não teve uma boa atuação. Os Diabos Vermelhos lideram o Grupo F, com três pontos, já que Croácia e Marrocos ficaram no empate no outro duelo da chave. Depois do triunfo,o volante Witsel admitiu que não esperava uma postura ativa do adversário.

- A vitória foi importante, foi uma partida muito dura para nós. Não esperávamos o Canadá jogar assim, nos pressionando. O problema foi que nos arriscamos demais para sair da defesa com a bola, especialmente na primeira parte. Depois ficamos com a bola e controlamos mais a partida, fomos melhores com a bola na segunda etapa. Foi difícil, mas estamos felizes com os três pontos - afirmou.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

Além disso, o jogador enalteceu a atuação do companheiro Courtois, que foi responsável por defender o pênalti de Davies logo aos dezminutos de jogo. O goleiro foi o principal destaque da seleção durante a partida.

- Ele é o melhor goleiro do mundo, estamos felizes que está com a gente. Acho que ele salvou o jogo.

Por fim, ao ser perguntado sobre o favoritismo da Bélgica no Mundial, Witsel preferiu apontar outras seleções. Entre elas, Brasil e Espanha, que estreou goleando a Costa Rica por 7 a 0.

- Nós não somos favoritos, os favoritos são Brasil, Espanha... Agora é diferente de 2018. Pensamos jogo a jogo e vamos ver onde chegamos - disse o volante.

+ De Bruyne, da Bélgica, é eleito melhor em campo e reclama: 'Não mereci, talvez tenha ganhado pelo meu nome'


A Bélgica volta a campo diante do Marrocos, no próximo domingo, dia 27, às 10h (horário de Brasília), no estádio Al Thumama. O jogo será válido pela 2ª rodada do Grupo F. Grupo F.