Willian relata bastidores de sua volta ao Corinthians: 'Parte financeira não é a mais importante'

·3 minuto de leitura


Na tarde desta segunda-feira, o Corinthians colocou Willian para conceder sua primeira entrevista coletiva após voltar para o clube. Apresentado com a camisa 10 na última quinta-feira, o meia falou com a imprensa sobre os bastidores da negociação que culminou em seu retornou ao time do coração.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre a estreia de grandes jogadores do Corinthians na última década

Em conversa virtual com os jornalistas, Willian explicou os motivos que o fizeram mudar de ideia em relação a voltar para o Brasil, já que nos últimos anos vinha dando declarações que apontavam para o prosseguimento de sua carreira no futebol europeu. Para ele, o esforço corintiano no negócio foi um dos fatores que influenciaram nessa decisão de rever sua decisão.

- Realmente, em todas as minhas entrevistas disse que não tinha o desejo de voltar ao Brasil ainda que o objetivo era permanecer na Europa, mas os planos mudam. Durante todo esse período que tive nos últimos meses, o Corinthians foi um time que fez um grande esforço para contar comigo novamente e eu fiquei muito feliz pelo esforço que o Corinthians fez e realmente foi a melhor decisão que eu pude tomar, jogar aqui, me sentir feliz novamente, não estava me sentindo feliz onde estava e achando o Corinthians é um ambiente que me sinto feliz, jogadores, todo mundo me recebeu bem.

Antes de rescindir com o Arsenal, Willian tinha mais dois anos de contrato com o clube inglês e ainda muito dinheiro a receber, mas abriu mão dessa quantia para retornar ao Brasil e defendeu ser clube do coração novamente. Segundo o meia, em certo momento da carreira, a parte financeira passa a ser menos importante, principalmente quando há todo esse esforço no negócio.

- Sinceramente, chega uma hora que a parte financeira não é mais importante, as conversas que tive com a diretoria do clube, presidente, demonstrando a vontade de contar comigo de novo no Corinthians vale mais que qualquer dinheiro. A forma que me trataram, conduziram, jogadores me mandando mensagem, querendo que eu viesse, isso me deixou muito contente. É gratificante ver isso a equipe que eu saí querendo de volta de qualquer jeito.

Essa vontade do jogador pesou muito na contratação, já que ele deixou claro que não defenderia outro clube do Brasil se tivesse recebido proposta.

- Eu não tive outra oferta de nenhum clube do brasil e sempre deixei claro que quando voltasse ao Brasil o único clube que voltaria é o Corinthians.

Por fim, ele admitiu que pensa no retorno para a Seleçâo Brasileira, mas também falou que sua prioridade é fazer o melhor para o Corinthians, já que com isso, consequentemente, o deixará em condições de ser chamado por Tite.

- Eu sempre tive o objetivo de vestir a camisa da Seleção, tive um ano difícil na temporada passada, não foi um ano bom para mim, mas nunca deixei de pensar e sonhar vestir a camisa da Seleção. Eu estando bem e jogando bem no Corinthians, crescem as chances de voltar a Seleção Brasileira, mas meu primeiro objetivo é o Corinthians estar bem, jogando bem e consequentemente pensar na Seleção - concluiu.

Willian ainda não estará à disposição de Sylvinho para enfrentar o Juventude, nesta terça-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, pela 19ª rodada do Brasileirão-2021. Sua estreia está prevista para o próximo fim de semana, contra o Atlético-GO, provavelmente no banco de reservas, como opção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos