Willian Maranhão projeta sequência da temporada com Atlético-GO

Rodrigo Souza*
·2 minuto de leitura


O Atlético-GO faz uma temporada surpreendente. Com uma campanha sólida no Campeonato Brasileiro, o Dragão chegou até as oitavas de final da Copa do Brasil e caiu somente para o Internacional. Porém, a eliminação não desanima a equipe, que empatou com o Corinthians no último sábado, pela 20ª rodada do Brasileirão.

- Chegamos entre os 16 melhores da Copa do Brasil. Lógico que queríamos chegar mais longe e tínhamos condições, mas enfrentamos outra grande equipe e acabamos não avançando. Nosso time lutou até o final, pena que não conseguimos avançar - destacou Willian Maranhão em entrevista ao LANCE!.

Willian Maranhão foi contratado em julho com contrato até o fim do ano que vem. Na época, o clube entendia que o jogador, que estava no Vasco, tinha uma característica que estava em falta no elenco. O volante projetou a sequência da temporada com confiança.

- Dos dois confrontos contra o Inter, levamos a certeza que fizemos bons jogos, porém não basta jogar bem, temos que minimizar nossos erros e caprichar mais no último terço do campo. No Brasileiro não tem jogos fáceis, então temos que diminuir os erros e ser mais fatais - analisou.

O Atlético-GO ainda atravessa um momento de reconstrução após a saída do técnico Vagner Mancini. Recentemente, o clube acertou a contratação do treinador Marcelo Cabo, campeão da Série B com o Dragão em 2016. Durante um mês, no entanto, o time foi comandado pelo interino Eduardo Souza. Willian Maranhão elogiou o comandante.

- Mancini fez um bom trabalho e o Eduardo deu continuidade no trabalho muito bem. Mantivemos nosso ritmo, infelizmente alguns resultados não vieram, mas o próximo profissional que deve chegar vai encontrar um grupo forte e determinado pra conquistar grandes coisas na temporada - afirmou Willian Maranhão, que pontuou que o principal objetivo do Dragão é permanecer na elite.

- Podem esperar uma equipe muito aguerrida e organizada dentro de campo. Nosso primeiro objetivo é deixar a equipe na Série A, mas sabemos que podemos conquistar muito mais do que uma permanência. Temos que ter o os pé no chão e ralar muito para conquistar os objetivos - finalizou.