Willian elogia Wesley Moraes e comenta ausência de Neymar

WIllian elogiou o substituto de David Neres (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
WIllian elogiou o substituto de David Neres (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Concentrado com a Seleção Brasileira, o atacante Willian concedeu entrevista coletiva, nesta segunda-feira e falou sobre diversos assuntos do ambiente da equipe. O jogador elogiou Wesley Moraes, substituto de David Neres (cortado por lesão), comentou a ausência de Neymar, a importância de Messi e projetou o amistoso com a Coreia do Sul.

WESLEY
– Ele está muito bem, tenho acompanhado um pouco dos jogos dele. É um jogador que está muito bem, adaptado, parece que está na Inglaterra há um tempo, fazendo gols. Espero que ele possa ser feliz também na seleção brasileira.

ARGENTINA
– Quando se trata de Brasil x Argentina, é sempre truncado, um jogo difícil de jogar. Num jogo como esse a experiência conta bastante. Mas, como eu disse, mescla é importante, mas também é um jogo de observação. Tem jogadores chegando, mostrando potencial. A gente quer um desempenho bom e um resultado positivo.

MESSI
– É um grande jogador, incomparável, o melhor jogador do mundo. Já enfrentamos a Argentina com ele algumas vezes, esse será mais um jogo. A atenção nele é sempre especial, sabemos o que tem que fazer, principalmente contra o Messi, que é encurtar espaços. Não vamos fazer marcação individual, mas o jogador que estiver no setor tem que tirar o espaço dele, não deixar pensar muito.

AUSÊNCIA DE NEYMAR

– Neymar sempre é uma referência para a gente, para o futebol brasileiro, é um grande jogador, todo mundo sabe da qualidade dele. A Seleção também tem jogadores para suprir a ausência dele, jogadores de qualidade. A força do grupo é o que mais conta. Esse é nosso principal objetivo, jogar como grupo, aí a individualidade vai aparecendo. Eles têm Messi, nós não temos Neymar, mas temos jogadores de qualidade também.

SON E COREIA
- O Son é um grande jogador, vem se destacando no Tottenham. Hoje em dia não tem adversário fácil, qualquer um que o Brasil vá enfrentar será um adversário difícil. Os quatro jogos passados foram difíceis também, contra a Coréia será mais um jogo. Temos de estudar bem a equipe deles para não ser surpreendido. Vamos nos preparar para fazer bons jogos.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também