Willian Arão reencontra a boa fase e se torna arma importante do Flamengo

O ano de 2016 foi especial para o Willian Arão, o jogador foi o mais regular do Flamengo na temporada e se firmou como uma das lideranças técnicas do Rubro-Negro. As boas atuações chamaram à atenção de Tite que volta e meia falava sobre o volante em suas coletivas.

No Jogo da Amizade, em janeiro desse ano, Tite, que só podia convocar atletas que atuavam no futebol brasileiro, chamou Willian Arão. Uma convocação justa e merecida por tudo o que o atleta vinha fazendo.

Apesar de ter começado o ano com pé direito, Arão caiu muito de produção no decorrer da temporada e chegou até a amargar o banco de reservas. Peça fundamental, o meio-campo Rubro-Negro sentiu tanto a má fase do jogador quanto a ausência dele.

Quando voltou ao time titular, Arão deu indícios de que era indispensável mas precisa passar por aquilo para reencontrar o bom futebol. Não demorou para que depois desse episódio ele, enfim, voltasse a jogar bem.

Everton Ribeiro ArãoFlamengo vs Chapecoense 20092017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Além das boas atuações, o jogador voltou a marcar gols, como o de ontem, nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra a Chapecoense, na Ilha do Urubu. 

A importância do bom futebol de Arão no meio-campo é grande, ele auxiliando Diego na armação das jogadas, fecha a marcação no meio-campo e ainda pode aparecer como elemento surpresa dentro da área adversária para finalizar bem, como sabe finalizar.

Willian Arão Thiago Neves Flamengo Cruzeiro Copa do Brasil 07 09 2017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Contra o Cruzeiro, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, ele foi o melhor em campo e deu demonstrações de como é peça importante também no ataque, apareceu pelo menos duas vezes em boas condições mas errou a pontaria.

Diante da Chape, ele marcou de cabeça, numa verdadeira inversões de pápeis. Arão recebeu assistência de Guerrero e como um perfeito camisa 9 deslocou o goleiro para deixar a sua marca.

Na próxima quarta-feira(27), no Mineirão, Reinaldo Rueda vai precisar e muito dessa versão de Willian Arão, principalmente para quebrar o esquema que Mano Menezes deve utilizar jogando em casa. 

VEJA TAMBÉM: