Fiorentina e Cagliari aposentam camisa com número 13 em homenagem a Astori

EFE

Roma, 6 mar (EFE).- A Fiorentina e o Cagliari anunciaram nesta terça-feira a retirada do número 13, camisa usada por Davide Astori em ambos os clubes, para honrar o zagueiro italiano que morreu aos 31 anos no domingo após sofrer uma parada cardíaca.

"Para honrar sua memória e fazer inesquecível a lembrança de Davide Astori, Fiorentina e Cagliari decidiram retirar a camiseta com o número 13", anunciaram os dois clubes italianos, dos quais Astori foi capitão, através de um comunicado.

A Fiorentina, que contava com Astori desde 2015, acompanhou sua nota com uma foto do defensor durante o dia de sua apresentação, enquanto o Cagliari publicou uma imagem de seu ex-capitão durante um partido do conjunto da Sardenha, no qual jogou de 2008 a 2014.

Astori foi encontrado morto no domingo em seu quarto de um hotel de Udine (norte da Itália) no qual a Fiorentina estava concentrada para disputar uma partida do Campeonato Italiano contra a Udinese.

Após a morte de Astori, o promotor de Udine, Antonio De Nicolo, anunciou a abertura de uma investigação por homicídio culposo, um procedimento que é obrigatório na Itália nestas situações. EFE


Leia também