Whindersson chama Bolsonaro de Satanás e vai ao mercado de capacete

Yahoo Vida e Estilo
O humorista causou polêmica (Foto: Reprodução/Instagram/@whinderssonnunes/REUTERS/Adriano Machado)
O humorista causou polêmica (Foto: Reprodução/Instagram/@whinderssonnunes/REUTERS/Adriano Machado)

Whindersson Nunes está revoltado com as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sua política de enfrentamento ao novo coronavírus. Nesta terça-feira (2), o humorista chamou o Chefe de Estado de Satanás ao compartilhar uma reportagem que reproduzia um de seus discursos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários.

“A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, disse Bolsonaro, ironizado pelo ex-marido de Luisa Sonza no Twitter: “Então morre, Satanás”. Muitos se divertiram com a postagem de Whindersson, mas também teve gente que achou que o humorista pegou pesado desejando sua morte.

Leia também

Um seguidor disse que está orando por Whindersson, pois achou triste sua publicação sobre o presidente. O humorista, então, rebateu o comentário. “Se importar com esse cara e não se importar com 30 mil mortes, rapaz, essa conta tua aí tá fraca”, escreveu.

Sem máscara para sair de casa e focado na prevenção ao Covid-19, Whindersson mostrou em seguida que fez compras usando um capacete rosa. Várias pessoas perceberam que o acessório faz parte de uma fantasia de Power Ranger. “Era o que eu tinha no momento”, disse o youtuber.

Famosos e anônimos se divertiram com a postagem e o elogiaram pela criatividade. “O importante é se prevenir”, disse um. “Com esse capacete até quem está do lado se sente protegido”, escreveu outro. “Pode andar na rua assim que nenhum fã vai te reconhecer”, observou um terceiro.


Leia também