Weverton e Gabriel Menino comemoram nova chance na Seleção: ‘Felicidade até difícil de explicar’

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Nesta sexta-feira (23), Tite, treinador da Seleção Brasileira, anunciou os nomes escolhidos para os próximos dois jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, contra a Venezuela e o Uruguai, e, mais uma vez, Weverton e Gabriel Menino foram convocados. Depois de ser chamado pela 19ª vez em sua carreira, o goleiro falou ao site do Palmeiras sobre o que estava sentindo:

– Muito feliz por mais essa convocação. É fruto do nosso trabalho, tenho de agradecer a todos os meus companheiros que me ajudam a ter esse bom desempenho, estar sempre sendo convocado. É uma felicidade que é difícil até de explicar, poder representar o país, vestir a camisa da Seleção. Agradeço ao Palmeiras pelo privilégio de vestir essa camisa também, é maravilhoso e me proporciona ser sempre lembrado pelo Tite. Queria agradecer a todos que fazem parte do meu dia a dia, que torcem por mim e ficam felizes por isso junto comigo.

Além disso, o arqueiro palmeirense comentou sobre Gabriel Menino, que foi, novamente, chamado como lateral direito:

– Sempre converso com o Gabriel Menino, por ser a segunda vez acho que está mais tranquilo. Enquanto você não passa pelo trote você não relaxa, e o trote dele ficou para os últimos dias. Então fica bem tenso. Daqui a pouco vou jogar os vídeos dele, já que ele está mais relaxado, está na hora de jogar na massa os vídeos dele cantando. Vocês vão ver (risos).


Menino, por sua vez, agradeceu a nova oportunidade na seleção principal:

– Um sentimento de muita alegria, felicidade. Estava tenso, ansioso para hoje, um dia especial de convocação. Quando você vai uma vez, é lógico que quer ir várias outras. Só tenho de agradecer a Deus por tudo que está fazendo na minha vida, agradecer ao Palmeiras por me dar essa oportunidade de realizar meus sonhos, e ao professor Tite por confiar em mim e me dar mais essa oportunidade.

Por fim, o volante do Palmeiras – e lateral da seleção – falou sobre o apoio de seu companheiro de clube na equipe nacional:

– Com o Weverton lá eu me sinto mais solto, mais confiante. Ele conversa bastante comigo, tem muito conhecimento de Seleção, várias convocações na carreira. Fico perto dele, escutando os conselhos, porque tenho certeza que vou aprender muito.


O Brasil, após vencer os dois primeiros jogos, enfrenta a Venezuela – no dia 13 de novembro, às 21h30 (horário de Brasília) – e o Uruguai – no dia 17 de novembro, sem horário definido – em busca de uma vaga para a Copa do Mundo de 2022.