Weverton comenta sobre qualidade com a bola nos pés e simplicidade debaixo das traves: ‘Gosto de mostrar segurança’

·2 minuto de leitura


Destaque na classificação do Palmeiras contra o Atlético-MG pela semifinal da Libertadores, o goleiro Weverton comentou, em entrevista à TV Palmeiras, sobre sua segurança na meta alviverde. Ele deu destaque à simplicidade nos gestos e à concentração em campo como fatores fundamentais para seu desempenho.

– Gosto de mostrar segurança, para o adversário ver que vai ser difícil fazer gol. Gosto de ter essa concentração e simplicidade debaixo da trave. Goleiro quanto mais simples, mais regular. Me inspiro nisso, é a forma que tenho para jogar. Cada vez mais concentrado e atento, porque toda bola é difícil para o goleiro – afirmou.

Ainda completou, citando também a importância de transmitir confiança aos companheiros de equipe no gramado, a fim de garantir mais tranquilidade para os jogadores de linha.

– Tem que estar concentrado a todo tempo, ainda mais em jogos decisivos. Fico feliz com a minha postura em campo. Meu desejo é que meus companheiros olhem para e possam confiar em mim e jogar tranquilos. Não sou invencível, mas vou poder ajudar ajudar eles, para poder manter a baliza zero, que é sempre o objetivo em campo.

Além disso, Weverton analisou sua qualidade com a bola nos pés, muito elogiada por jornalistas e torcedores. O goleiro tem sido fundamental na saída de bola do Palmeiras em razão de sua precisão nos lançamentos longos, que ajuda o time nas rápidas transições ofensivas trabalhadas.

– Foi um dom que Deus me deu, ter força na perna para dar esses lançamentos longos. Procuro sempre aproveitar isso. Converso bastante com o Rony. Vejo como as equipes jogam, na linha alta ou na sobra, para saber como podemos explorar isso. Tem dado alguns frutos, tá faltando só sair o gol. O importante é dar essa opção pra eles – explicou.

Na última partida, o camisa 21 acertou dois passes importantes que resultaram em boas oportunidades de gol do Verdão. Ele brincou com o erro de Rony em um dos lances, mas disse que em breve o time marcará em uma jogada parecida.

– O Rony ontem teve uma grande chance e eu falei : “Pô, Rony, me ajuda”. Eles sabem que tem um goleiro ali atrás que pode encontrar eles numa ligação direta. Não chute para frente. Óbvio que às vezes erro, mas às vezes dá certo. Como ontem com o Rony e o Piquerez. No momento certo, vamos fazer gol assim e comemorar bastante.

O Palmeiras, de Weverton, volta a campo neste domingo às 18h30 (horário de Brasília) para enfrentar o Juventude pela vigésima terceira rodada do Brasileirão, no Allianz Parque.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos