Wesley revela cobrança de Augusto Inácio após a derrota na Recopa Catarinense

André Palma/Avaí
André Palma/Avaí


No último sábado, o Avaí foi superado dentro de casa pelo Brusque, em jogo válido pela Recopa Catarinense e aumentou o clima de desconfiança da torcida junto ao elenco, que apesar da reformulação, não conseguiu corresponder no primeiro desafio do ano.

Uma das novidades para a temporada, o volante Wesley falou sobre a perda do título e a cobrança do técnico Augusto Inácio em relação aos jogadores.

‘Não podemos tirar nossa responsabilidade. Queríamos sair com o título, mas é uma situação que já passou. Os poucos dias de trabalho não tiram nossa responsabilidade, mas é a realidade. Mérito para a equipe adversária e agora temos que seguir nossa caminhada em busca dos objetivos. Já conversamos e estamos trabalhando bastante’, analisou o meio-campista à NSC Total.

‘Ele já nos cobrou e todo mundo assimilou da melhor maneira. Sabíamos das dificuldades e ninguém correu da situação. Procuramos dar o máximo, mas o professor nos cobrou e mostrou que poderíamos dar mais. Precisamos tirar de lição tudo que aconteceu para que durante as competições possamos lutar até o fim. É hora de assimilar e seguir em frente’, completou.

O próximo desafio do Avaí será nesta quarta-feira, diante da Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 21h30 (Horário de Brasília).







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também