Wenger vê empate com o City como um 'impacto positivo' para o Arsenal

Treinador francês comentou sobre a situação de Aaron Lennon, internado por problemas psicológicos

O empate por 2 a 2 entre Arsenal e Manchester City neste domingo não foi bom para nenhuma das duas equipes. Apesar disso, o técnico dos Gunners, Arsène Wenger, analisou o resultado como positivo. Segundo ele, sua equipe foi bem ao conseguir a reação e buscar a igualdade no marcador.

- Começamos nervosos e sob pressão. Você pode ver que isso teve um grande impacto. Nós tivemos uma mentalidade forte e nos recusamos a perder o jogo. O time veio pronto para uma eventual briga. No que diz à mentalidade, foi uma atuação bastante forte. Tecnicamente, eu acho que poderíamos ter feito melhor - avaliou Wenger, em entrevista à Sky Sports, complementando:

- No fim, conseguimos um ponto. Matematicamente não foi bom nem para nós, nem para eles. Mas nós conseguimos sair de um momento estressante e eu acho que, mentalmente, teve um impacto positivo no nosso time - acrescentou o francês.

Wenger vem sendo alvo de críticas da torcida dos Gunners. Neste domingo, torcedores do Arsenal providenciaram um caminhão estampado com os dizeres 'Out Wenger' (Fora, Wenger). O veículo ficou estacionado no lado de fora do Emirates Stadium, casa da equipe londrina. Apesar disso, o treinador já reforçou que pretende continuar no comando do clube inglês. Seu contrato com os Gunners termina no fim desta temporada.

Com o empate, o Arsenal permaneceu na sexta colocação, com 51 pontos, mas ficando dois atrás do Manchester United, que também empatou na rodada. O City, por sua vez, chegaram a 58 pontos, no quarto lugar, atrás do Liverpool, que soma 59.







E MAIS: