Wenger garante permanência de Sánchez no Arsenal, mas chileno dá recado e deve ir para o Chelsea

Enquanto a imprensa inglesa aponta que Arsène Wenger, apesar dos protestos, dos resultados ruins e da falta de conquistas, deve renovar seu contrato com o Arsenal, os principais jogadores do time parecem próximos de deixar o clube.

VEJA TAMBÉM:
Seleção teme as 'maldições'? | As curiosidades da 'Era Tite' | Craques que não jogariam a Copa

Mesut Özil já rejeitou uma oferta de renovação dos Gunners e tem sido especulado em várias equipes, e Alexis Sánchez também parece próximo de deixar o Emirates Stadium. E pior, para um rival.

Arsene Wenger Arsenal Invincibles

Wenger garante que o chileno vai permanecer no Arsenal, mas Sánchez deu uma declaração que aponta para o caminho contrário e sua saída do clube após o fim da temporada.

"Eu quero continuar em Londres, mas em um time vencedor, com uma mentalidade vencedora", afirmou Sánchez ao El Grafico.

"Eu estou feliz em Londres e espero cumprir meu contrato com o Arsenal. Espero que o Arsenal consiga conquistar grandes títulos. Tenho 28 anos, ainda tenho muito tempo de carreira pela frente e me cuido muito bem", concluiu.

Sánchez tem contrato com o Arsenal até 2018, mas não deve cumprir todo o vínculo, apesar de sua declaração. O chileno quer jogar por um time vencedor com uma mentalidade vencedora, algo que certamente não é o caso dos Gunners com Wenger.

Alexis Sanchez, Arsenal

(Fotos: Getty Images)

O Arsenal não conquista a Premier League desde 2004, e ficou durante oito anos sem conquistar um título sequer. A seca acabou apenas com as copas domésticas na Inglaterra, mas é muito pouco para o tradicional clube londrino, que se habituou na última década a lutar para ficar entre os quatro primeiros do Campeonato Inglês e passar vexames, como ocorreu para o Bayern de Munique nesta temporada, e ser eliminado logo nas oitavas de final da Champions League.

Por outro lado, o Chelsea, que tem conquistado vários títulos desde a chegada de Roman Abramovich, deseja contratar o chileno. Os Blues de Londres se encaixam no desejo de Sánchez, que quer continuar em Londres e jogar por um time vencedor com uma mentalidade vencedora. Será que Sánchez será o novo Fàbregas do Arsenal?