Wenger elogia atuação do Arsenal e afirma: “demos uma resposta”

O Arsenal ganhou de virada, na prorrogação, do Manchester City e conseguiu chegar a mais uma final da Copa da Inglaterra sob o comando de Arsene Wenger. Muito questionado pelo rendimento na temporada e a falta de resultados de expressão nos últimos anos, o francês viu o resultado sobre o time de Pep Guardiola como um triunfo pessoal e de seus jogadores.

“Sinto que a equipe respondeu muito bem.  A princípio começamos hesitantes, mas fomos melhorando com o passar dos minutos e acredito que que acabamos (o jogo) perigosos e de forma muito sólida, principalmente na prorrogação”, declarou o técnico de 67 anos, que já conquistou a FA Cup seis vezes na sua carreira, sendo duas nas últimas três temporadas.

“Essa partida era uma prova para nós. Um teste mental. As pessoas questionavam se podíamos render em jogos assim, nos grandes momentos e creio que demos uma resposta. Esse confronto foi uma grande resposta de meus jogadores”, completou.

O contrato de Wenger com os Gunners termina no dia 30 de junho e, apesar das especulações, ele ainda não revelou se continuará comandando a equipe do Norte de Londres. Ao ser questionado sobre seu futuro, o comandante do Arsenal há 20 anos se recusou a falar sobre o assunto.

“O clube está em um momento muito bom e esta é uma grande organização. Isso é um mais importante”, afirmou. “Um dia eu vou sair, ainda não sei quando, e o Arsenal continuará a ser um grande time”.