Wenger comenta interferência da arbitragem em milagre do Barcelona

O feito do Barcelona na última quarta-feira certamente irá ficar marcado na história. No entanto, há quem conteste a legitimidade da impressionante vitória catalã por 6 a 1 sobre o PSG. A polêmica atuação do árbitro Deniz Aytekin acabou ajudando os blaugranas, principalmente em pênalti duvidoso de Marquinhos em Suárez, que foi convertido por Neymar e resultou no quinto gol da retomada.

Pensando no quanto o trabalho de Aytekin influenciou na partida, o treinador Arsene Wenger, que comanda do Arsenal, não se calou sobre a noite histórica. Não deixando de destacar a qualidade dos jogadores responsáveis pela remontada, como Neymar, Messi e Suárez, o francês deixou claro que  a arbitragem foi determinante para o resultado final.

“Na recuperação do Barcelona, na quarta-feira, vimos a importância de dois fatores neste tipo de jogos. Os árbitros e os grandes jogadores. Resume-se a isso”, afirmou Wenger.

Em apenas 7 minutos, o Barça foi capaz de marcar os três gols que eram necessários para buscar a classificação, com atuação inspirada de Neymar, autor de dois deles e da assistência para outro, já no instante final da partida.