Wellington dedica gol de letra à mãe e brinca: 'Ela sempre me cobra'

Marcar gol em clássico não é novidade para o atacante Wellington. O atacante já havia feito contra o Vasco, na estreia do Carioca, e contra o Flamengo, na final da Taça Guanabara. Desta vez, balançou as redes em finalização com estilo: de letra, fez o segundo do Fluminense. Na comemoração, foi correndo abraçar a mãe, que assistia no Maracanã.

- Ela sempre me cobra. Na hora do gol ela desceu e me deu um abraço. Eu fico muito feliz de ter feito um bom jogo, conseguir a vitória e a classificação. Estou feliz de poder ajudar o Fluminense - disse Wellington na saída de campo.

A grande campanha no Carioca , com mais uma vitória convincente, foi comemorada pelo jogador. Mesmo assim, não há tempo a perder, já que nas próximas semanas o Fluminense tem partidas decisivas por outras competições.

- O Abel está fazendo um bom trabalho. Vamos trabalhar forte aí, temos Primeira Liga, Copa do Brasil e ainda a final do Carioca, vamos comemorar o jogo de hoje, mas já temos que pensar no futuro. Estou feliz de poder ajudar o Fluminense - concluiu.

Wellington é hoje uma das principais armas da equipe de Abel Braga. São seis assistências e seis gols marcados em 2017 - só Richarlison tem mais participações, com nove gols e cinco assistências.







E MAIS: