Walter faz recuperação no Athletico e pode ser o 'Adriano Imperador' da vez; entenda

Goal.com

E a história vai se repetindo no Athletico Paranaense: em 2014, seis anos atrás, quando ainda não tinha o "agá" o nome, o clube deu oportunidade para Adriano Imperador se recuperar em tempos de baixa. Agora, de acordo com o Globoesporte, o Furacão abre as portas para Walter.

Com passagem boa pelo clube em 2015 e 2016, o atacante, assim como Didico, sempre esteve na lista dos atletas "que poderiam ter sido mais". Com talento indiscutível, está certamente em um dos piores momentos de sua carreira: foi suspenso por doping no ano passado e não entra em campo desde 2018, quando ainda estava no CSA.

Ainda não há nada decidido: o Athletico apenas irá abrir as portas para iniciar um programa de recuperação física com Walter. Sua suspensão termina no mês de julho, e à partir daí, o centroavante estaria disponível para assinar contrato com qualquer clube. Caso consiga adquirir boa forma, não é impensável imaginar que possa defender o clube paranaense.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Foi o caso de Adriano. Depois de treinar por três meses no Paraná, recebeu oportunidade de voltar a uma grande equipes brasileira. O Imperador, no entanto, decepcionou: atuou em apenas quatro partidas no Furacão, tendo marcado um gol, o penúltimo de sua carreira profissional.

Adriano Imperador Atlético-PR
Adriano Imperador Atlético-PR

Mesmo que o atacante tenha negado a informação, de acordo com a publicação, Walter deve chegar em Curitiba nesta próxima semana e já está seguindo um cronograma de treinos elaborado por profissionais do clube.

Em 73 jogos com a camisa do Furacão, o atacante fez 16 gols: é o segundo time por onde mais marcou. Acima de tudo, conseguiu diminuir seu peso, que sempre foi um problema em sua carreira, e ter uma sequência de partidas, algo raro para o centroavante nos últimos anos.

Se o jogador vai conseguir ou não defender as cores do Athletico, ainda é cedo pra dizer. Mas o futebol brasileiro sempre ganha quando temos atletas do talento de Walter dentro das quatro linhas. 

Leia também