Walker pode ser novidade da Inglaterra contra os Estados Unidos; Maddison ainda preocupa


O lateral-direito Kyle Walker participou da atividade da Inglaterra nesta terça-feira (22), dia seguinte à vitória do English Team sobre o Irã, pela primeira rodada do grupo B da Copa do Mundo. O atleta ficou fora da partida por ausência de condições físicas. Já o meia James Maddison seguiu fora dos trabalhos.

+ Estudo aponta os maiores favoritos ao título da Copa do Mundo; veja cada seleção

Walker fez uma cirurgia na virilha no início de outubro, tinha chances até mesmo de ficar fora do Mundial, se recuperou a tempo, mas não de fazer parte do jogo de estreia dos Três Leões. Kieran Trippier foi titular contra os iranianos. Enquanto Maddison sentiu dores no joelho no último jogo que atuou pelo Leicester antes de se juntar à delegação inglesa.

A tendência é que Kyle Walker fique à disposição do técnico Gareth Southgate no próximo compromisso da Inglaterra, contra os Estados Unidos, nesta sexta-feira (25). Caberá ao treinador inglês decidir se promove o retorno do lateral do Manchester United ou se mantém Trippier entre os titulares.

Maddison, por sua vez, segue como dúvida. Ele foi uma surpresa entre os convocados, já que estava fora de todas as listas da Inglaterra desde 2020 e sofria de ausência de confiança, após ser visto em um cassino durante um jogo da sua seleção pela Liga das Nações, contra a República Tcheca, em Praga, um dia após pedir dispensa alegando estar com um quadro de virose. A escolha por levar o meia para a Copa, no entanto, se deu pela boa fase do atleta no Leicester. Na última temporada foram 18 gols marcados e 12 assistências, em 53 jogos. Já neste ano esportivo, são sete gols e quatro assistências em 14 partidas disputadas.

Maddison - Treino Inglaterra Copa
Maddison - Treino Inglaterra Copa

Maddison ainda não participou de treinamentos da Inglaterra no Qatar (Foto: Paul ELLIS / AFP)

HARRYS OK!

Substituídos durante a goleada inglesa sobre o Irã, o zagueiro Harry Maguire e o atacante Harry Kane não devem ser problemas para o duelo contra o US Team.

Maguire se sentiu mal pouco antes do primeiro gol iraniano, marcado por Taremi. Existia a preocupação do zagueiro ter sofrido uma concussão, pela forma com que deixou o campo, no estádio Internacional Khalifa. Porém, o próprio defensor usou as redes sociais para tranquilizar a torcida inglesa dizendo que ele apenas se sentiu mal.

- Eu me senti mal no segundo tempo, então saí por precaução. Ansioso para sexta-feira - escreveu Maguire.

Já Kane, que é a principal estrela da Inglaterra, foi substituído aos 30 minutos, mas antes havia sofrido uma entrada dura de Poulariganji. Depois da partida, o centroavante inglês foi visto com uma faixa no tornozelo e mancando. Porém, o técnico Gareth Southgate, em entrevista coletiva após o triunfo, minimizou a situação e garantiu que o camisa 9 está bem.

Harry Kane e Maguire - Inglaterra 6 x 2 Irã - Copa do Mundo 2022
Harry Kane e Maguire - Inglaterra 6 x 2 Irã - Copa do Mundo 2022

Kane, pouco antes de ser substituído, dá força para o companheiro Maguire (Foto: Paul ELLIS / AFP)

- Acho que Harry (Kane) está bem. Obviamente, parecia uma entrada ruim, mas ele continuou no jogo e nós o substituímos porque podíamos fazer isso - disse o treinador.

Em caso de vitória sobre os Estados Unidos, a Inglaterra já pode garantir nesta semana a sua classificação às oitavas de final da Copa do Mundo.