VP do Flamengo celebra liberação do público e agradece prefeito, mas ressalta os custos para os torcedores

·1 minuto de leitura


Foram meses de negociações nos bastidores e declarações públicas a favor até que, nesta semana, o Flamengo teve a solicitação aceita pela Prefeitura, que liberou o retorno parcial da torcida aos jogos a partir de 15 de setembro, que servirão como eventos-teste. A decisão foi celebrada por Marcos Braz, VP de futebol, e também por Rodrigo Dunshee, que agradeceu ao prefeito Eduardo Paes. Contudo, o VP Geral e Jurídico ressaltou os custos que a torcida terá.

- Jogo com público no Maraca. Todos vacinados ao menos uma vez e com teste rápido, criando-se um ambiente limpo. Sei que tem praia lotada e metrô (sem exame), mas sou grato ao prefeito pela liberação, porque o futebol é o mais visado, mas vamos evoluir. Jogar assim é muito caro para a Nação - publicou.

Na nota técnica da Prefeitura que autorizou três partidas do Flamengo como eventos-teste - confira as datas e os confrontos aqui -, a Secretária Municipal da Saúde do Rio exige que, além da comprovação de vacinação contra a Covid-19 em dia, o torcedor apresente resultado negativo de teste de antígeno ou RT-PCR realizado em até 48h antes do jogo por laboratório autorizado pelo clube.

Já o Flamengo será responsável por oferecer álcool 70%, treinamento das equipes e colaboradores a fim de garantir o distanciamento social de 1m, sinalizações, e organização das retiradas de ingressos, acesso e acomodação dos torcedores nos quatro setores do estádio (norte, sul, leste e oeste).

O Flamengo ainda não divulgou valores e outras informações sobre as vendas de ingressos para as partidas contra Grêmio, pela Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, e diante do Barcelona (EQU), pela Copa Libertadores. A última, inclusive, está prevista para acontecer no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos