VP de finanças alvinegro mantém otimismo sobre projeto Botafogo S/A


Principal esperança de equilíbrio financeiro do Botafogo, a transição da gestão do futebol profissional do clube para o modelo clube-empresa ficou em suspenso com a pandemia do COVID-19. O Vice-Presidente de Finanças do Glorioso, Luis Felipe, Novis, no entanto, mantém o otimismo quanto ao avanço do Projeto S/A, ainda em 2020.

– O torcedor Alvinegro pode ter certeza que o trabalho continua. Particularmente, ainda tenho a expectativa de que até o fim de ano a gente consiga implementar algo, mesmo que não seja exatamente dentro dos números inicialmente projetados. Ainda acredito depois que o futebol se normalizar a partir do segundo semestre – afirmou Novis, em entrevista à Super Rádio Tupi, na última segunda-feira.

O dirigente admitiu que o planejamento inicial já sofre impactos decorrentes da paralisação do esporte. Segundo ele, o mais importante no atual cenário é manter-se em atividade.

– É inegável que a S/A foi impactada como todas essas mudanças de cenário. O mercado investidor sofreu alteração, os riscos aumentaram muito e o que nós tivemos que fazer foi buscar alternativas de modificação no projeto, diminuindo alguns números, mudando um pouco as estratégias de captação, mas não ficando parado – finalizou.

O Conselho Deliberativo do Alvinegro aprovou, por unanimidade, em dezembro do ano passado, a transição do da gestão futebolística do clube para o modelo empresarial. O projeto S/A é a grande esperança de torcedores e dirigentes para a reestruturação financeira do clube, que tem dívidas em valor que se aproxima de R$1 bilhão.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também