'Volto mais maduro e confiante e isso me dá mais força para jogar na Seleção', garante Hulk

·2 minuto de leitura


A confiança move Hulk em seu regresso à Seleção Brasileira após um hiato de cinco anos. Em entrevista coletiva divulgada pela CBF TV nesta terça-feira (31), o atacante detalhou como chega à equipe comandada por Tite.

- Ah, adquiri mais experiência, me sinto mais confiante por jogar mais próximo do gol. Eu me sinto mais confiante, mais maduro, vivendo um bom momento no Atlético-MG, o que me dá mais força para ficar à disposição do Tite e poder dar meu melhor - assegurou.

Porém, aos 35 anos, o jogador reconhece que ainda sente ansiedade de "calouro".

- É como se fosse a primeira convocação. Ansiedade, expectativa. Estava até falando com a minha esposa. Nem nos meus melhores sonhos eu pensava em hoje vestir a camisa da Seleção, jogando bem também no Atlético-MG. Tenho de desfrutar este momento - e exaltou as melhorias nas condições de treinos:

- Vi uma estrutura melhor, muitas condições boas para nós. Fico lisonjeado por vivenciar este momento - completou.


Hulk contou sobre a convivência com adversários de Palmeiras e Flamengo, clubes que estão no páreo pelo título da Copa Libertadores e nas competições nacionais.

- Aqui o foco total é Seleção, para dar nosso melhor. Nossa resenha é normal, brincamos um com outro, mas sabemos que é competitivo estar na semifinal da Copa Libertadores, brigar no Brasileiro, estar nas quartas da Copa do Brasil... Temos de ter ciência, humildade, pé no chão... - e destacou:

- Sabemos que o Brasileiro é muito difícil, disputado. Falou em Atlético, Palmeiras e Flamengo, mas não se resume a eles. O Corinthians é um clube que está crescendo, vem muito bem. Está tudo em aberto - complementou.

O Brasil encara o Chile nesta quinta-feira (2) em Santiago. Depois, no domingo duela com a Argentina (5) e enfrenta o Peru na outra quinta-feira (9).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos