Com a volta de Nenê, Vasco recebe o Vitória pela Copa do Brasil

Lutando contra a irregularidade e para ganhar a confiança de sua torcida, o Vasco recebe o Vitória nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pelo confronto de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O Cruz-Maltino foi eliminado pelo Flamengo nas semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, e penou para eliminar o Vila Nova-GO na fase anterior da competição nacional, com um triunfo por 2 a 1.

Para agravar ainda mais a situação, o Vitória vem fazendo uma bela temporada. Lidera o Campeonato Baiano com tranquilidade e também ocupa o primeiro lugar em sua chave na Copa do Nordeste. O técnico Cristóvão Borges vem tendo o trabalho questionado no Cruz-Maltino, o que aumenta o drama dos vascaínos, que esperam contar com o apoio dos torcedores.

“Nós estamos conseguindo bons resultados quando atuamos em São Januário, pois contamos sempre com o apoio de nossa torcida. Mesmo ainda devendo boas atuações, estamos evoluindo e vamos precisar muito que os torcedores estejam ao nosso lado nesta partida contra o Vitória, pois é fundamental a conquista de um bom resultado”, disse o lateral esquerdo Henrique.

Para que o clima fique mais ameno, os vascaínos sabem que é fundamental não sofrer gols, pois os tentos anotados como visitante podem ser determinantes. A ideia é chegar com a defesa sem ser vazada na partida de volta, na quinta-feira da próxima semana, em Salvador (BA).

“O regulamento da Copa do Brasil é muito claro em relação a gols levados em casa e por isso mesmo o jogo desta quinta-feira é muito perigoso, pois a pressão acaba recaindo apenas nas nossas costas. O Vitória tem um time rápido e inteligente, portanto, vai procurar jogar no nosso erro para conseguir alguma vantagem para decidir em casa. Temos que impedir que eles coloquem esse plano em prática”, afirmou o zagueiro Rodrigo.

Fazendo o caminho contrário, o técnico do Vitória, Argel Fucks, planeja balançar as redes rivais.

“Sabemos que no jogo da volta, se não conseguirmos fazer gols, a bola vai acabar pesando nos nossos pés e por isso mesmo não podemos deixar de buscar uma partida ofensiva no Rio de Janeiro. O Vasco tem um time veloz e por isso precisamos levar algum benefício para Salvador”, analisou Argel.

Para este compromisso, o Vasco terá o retorno do meia Nenê, recuperado de lesão na coxa esquerda. O desfalque certo fica por conta do zagueiro Luan, que teve que se submeter a uma cirurgia no pé direito. Rafael Marques será o substituto.

No Vitória, o meia argentino Jesús Dátolo, com lesão na musculatura anterior da coxa, é desfalque. Outro que segue fora é o zagueiro Fred, com um trauma no joelho direito. A base do time será a mesma que vem disputando o Campeonato Baiano e que no fim de semana fez 2 a 0 no Atlântico.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ X VITÓRIA-BA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 9 de março de 2017 (Quinta-feira)

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Rodrigo, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Nenê e Wagner; Kelvin e Thalles

Técnico: Cristóvão Borges

VITÓRIA: Caíque, Patric, Alan Costa, Vinicius e Euller; Bruno Ramires, Uillian Correia, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; Paulinho e Kieza

Técnico: Argel Fucks