Volta de Cazonatti é um dos trunfos do Maringá contra o FC Cascavel

·1 minuto de leitura


Fora da primeira partida por conta de uma lesão no tornozelo, o meia Gustavo Cazonatti não esteve no confronto onde o Maringá perdeu para o FC Cascavel por 2 x 1 pela ida das quartas de final do Campeonato Paranaense na última segunda-feira (17).

>Como estão todos os confrontos das quartas de final no Paranaense

No entanto, com uma rápida recuperação, o meia deve estar de volta para o segundo jogo, programado para a tarde dessa quinta-feira (20), e destacou a importância do Departamento Médico nessa reabilitação física:

- Estou dando o meu máximo para essa recuperação. O pessoal da fisioterapia está me ajudando muito. Foram três sessões diárias para conseguir me dar condições de jogo. Ontem fiz o trabalho com a bola e me senti muito bem - reforçou Cazonatti.

Com a volta do camisa 8, o Maringá ganha um bom reforço para o meio de campo, suprindo com os problemas do último jogo, principalmente depois de ficar com um a menos. Com o trio visto como titular pelo técnico Jorge Castilho de volta, Cazonatti se junta a Bassani e Parrudo e enfatiza a intensidade como principal fator para a vitória:

- Fizemos um bom primeiro jogo, tivemos uma expulsão logo no início que interferiu um pouco e, mesmo com um a menos, tivemos chances de fazer mais gols. Temos que manter a intensidade dos últimos jogos que assim acredito que podemos sair com a vitória.

Como não há gol como visitante sendo critério de desempate, qualquer vitória por um tento de diferença para o Dogão leva a decisão para as penalidades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos