Volpi vê momento do São Paulo como o auge sob o comando de Diniz


O São Paulo treinou na manhã desta quarta-feira no CT da Barra Funda e depois da atividade os jornalistas puderam acompanhar a entrevista coletiva de Tiago Volpi, que entre outros assuntos, falou do momento do time no Campeonato Paulista, no qual acredita no favoritismo do clube e também da expectativa pela estreia na Copa Libertadores, contra o Binacional, no Peru.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão clicando aqui

Perguntado se a equipe havia atingido o melhor momento sob o comando de Fernando Diniz, o goleiro afirmou que sim, porém pediu que essa fase possa durar durante todo o ano e o grupo não se contente apenas com isso.

- Acho que dentro do período sim (é o auge). É uma pergunta interessante, e a resposta no sentido de que esse auge, esse 100%, possa estar até o fim da temporada, com a gente brigando por todos os títulos, e a tendência é sempre evoluir, assimilando mais, mas para o momento a gente tem assimilado bem. Acho que está bem notório nos jogos o quanto a equipe tem evoluído e agora a tendência é a gente seguir evoluindo. A gente não pode se contentar apenas com isso, tem que seguir evoluindo para chegar no final do ano e colher esses frutos do trabalho que a gente está fazendo - declarou o arqueiro.






Volpi acredita que com a goleada do último sábado sobre o Oeste, a sequência do trabalho e a manutenção desse auge, a tendência é disputar o título do estadual ainda mais favorito do que já seria pela grandeza do Tricolor.

- A gente vem trabalhando e estamos satisfeitos. Mas é aquele satisfeito sempre querendo mais. A gente pode evoluir cada dia mais, cada dia tem algo para a gente buscar. É lógico que hoje, depois de uma vitória e conseguir complementar e ganhar jogar bem é muito melhor. Sobre a questão do Paulistão, o São Paulo, por sua grandeza, sempre vai ser favorito em qualquer competição que entrar - comentou.

Além do Paulista, no entanto, o São Paulo começa a disputar a Libertadores já na próxima semana. Apesar de não esconder a ansiedade pela estreia no torneio continental, diante do Binacional, no Peru. Volpi diz que o grupo está focado no adversário que está mais perto, ou seja, a Ponte Preta.

- Desde o ano passado a gente pensa nisso, na hora da estreia da Libertadores. Falta praticamente uma semana para o jogo contra o Binacional. Então, está todo mundo com muita vontade de começar a competição. A gente ainda tem o jogo no Paulistão. Temos de nos concentrar ao máximo no que temos de fazer no domingo, mas lógico pensando que semana que vem é um grande compromisso - concluiu o camisa 1.

O São Paulo volta a treinar nesta quinta-feira pela manhã, com atividade parcialmente fechada para a imprensa, dando sequência à preparação para enfrentar a Ponte Preta, no próximo domingo, às 16h, no Morumbi. O Tricolor ocupa a liderança do Grupo C do Paulistão-2020 com 12 pontos.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também