Volpi analisa classificação e acredita em confiança para sequência de jogos

LANCE!
·2 minuto de leitura


O São Paulo conseguiu classificar-se para as quartas de final da Copa do Brasil ao bater o Fortaleza nos pênaltis na noite deste domingo, no Morumbi, depois de muita emoção. O goleiro Tiago Volpi, um dos destaques da partida, disse que esse triunfo dá certa confiança para os próximos confrontos, principalmente nesta quarta-feira, diante do Lanús, pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

- É uma vitória que dá moral, aumenta a confiança, com toda a certeza, porque a gente carregava um peso muito grande pelas nossas últimas eliminações, então, poder romper essa barreira, passar das oitavas de final hoje nos deixa com essa confiança, essa moral alta, mas entender também que é parte da nossa obrigação. Como a gente sempre fala, como a gente é cobrado por jogar no São Paulo, a grandeza que o clube tem, tem que ser um processo natural pra gente. De classificar, de jogar como a gente jogou hoje, saber enfrentar partidas assim e se classificar – analisou ele em entrevista coletiva após o jogo.

O arqueiro ainda falou sobre a pressão passada pelo time, mas disse que o que eles fizeram nesta noite não é nada “novo”, afinal, o Tricolor está acostumado com jogos dessa magnitude.

- É óbvio que pelos últimos resultados e eliminações existia uma pressão muito grande e hoje se dá um alívio importante por essa vaga nas quartas de final. Mas, ao mesmo tempo, esse alívio não pode se transformar em relaxamento, em achar que já está bom, porque não está bom. A gente precisa, como o Diniz fala para a gente, que as vitórias e as classificações têm que, de certa forma, ser comemoradas, mas até certo ponto, porque a gente não está fazendo nada novo, nada que o São Paulo já não fez e por muitas vezes. É nesse caminho que a gente vai. Sai a pressão, sai o peso pela classificação, mas entender que o clube é muito grande pra gente se contentar só com isso – finalizou.

O São Paulo entra em campo na próxima quarta-feira, às 21h30, contra o Lanús, na Argentina, em jogo que abre a participação do Tricolor na segunda fase da Copa Sul-Americana.