Volante Luanderson rifa camisa autografada do Náutico para ajudar mulher com paralisia cerebral


Em meio a pandemia do coronavírus, o volante Luanderson tomou a iniciativa de abraçar uma boa causa nesse período de quarentena. O jogador do Náutico está rifando uma camisa do clube autografada pelos jogadores para ajudar a família de uma mulher com paralisia cerebral espástica.

Diagnosticada com a doença nos primeiros meses de vida, Michele Nogueira, de 31 anos, precisa arrecadar o dinheiro para comprar uma cadeira de rodas com custo de R$ 5.000. Comovido pela situação, Luanderson decidiu realizar essa ação junto com a família.

'Sempre procuro fazer essas ações para ajudar as pessoas e decidi abraçar essa causa da Michele. É uma situação muito triste, pois ela está há 31 anos acamada sem poder fazer nada. Mas com certeza até o final do ano a gente consegue arrecadar esse valor para conseguir comprar a cadeira', disse Luanderson.

Não é de hoje que o volante possui amizade com a família de Michele. Ambos se conheceram no nascimento da filha do jogador em 2018. O atleta conta que viu de perto as dificuldades que os parentes passavam e quis retribuir o apoio que deram na época em que estava sem clube.

'Nós os conhecemos no nascimento da minha filha Maria Liz. Quando precisei de apoio na época em que eu estava sem clube, os pais da Michele me deram forças para seguir nesse caminho. Quis retribuir esse pequeno favor a eles. Sabia das dificuldades dos pais dela e presenciei a dificuldades que eles tinham para adaptar o quarto', contou.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também