Volante Fabinho comenta a rotina de treinos remotos


Assim como os demais clubes do Brasil, o Ceará preparou um cronograma de trabalhos diários aos jogadores, que além da parte física, também conversam com o técnico Guto Ferreira para discutir a parte tática que será aplicada na volta aos treinos.

Em conversa com o site do Vozão, o volante Fabinho explicou que, apesar de não ser a condição de trabalho ideal, os treinos em casa ajudam a manter um condicionamento físico aceitável.

‘Na circunstância atual, têm sido a melhor maneira de nos condicionarmos e prepararmos, para que a gente possa estar mais perto do ideal. É diferente de treinar no nosso CT, mas é um treino que tem melhorado a nossa condição física’, declarou.

‘Essa é uma situação nunca passada por ninguém antes. Especificamente falando no futebol, todos nós ficamos limitados, aguardando decisões do Ministério da Saúde, do governo... Mas também temos que respeitar as pessoas que estão sofrendo e perdendo seus entes queridos. É um momento onde precisamos refletir como temos vivido; dar valor nas pequenas coisas da nossa vida, porque nós somos seres limitados. Isso mostra nossa dependência de Deus’, concluiu.

Lembrando que, na última sexta-feira, completou dois meses que o Vozão não entra em campo. No dia 15 de março, a equipe venceu o Sport, pela Copa do Nordeste.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também