Volante Danilo justifica insucesso no Benfica por falta de pré-temporada

Sem ser muito conhecido no Brasil após curta passagem pelo Vasco, o volante Danilo chegou ao Braga, de Portugal, em 2014. Depois da titularidade na equipe em meia temporada, foi emprestado ao Valencia, onde também teve uma boa passagem. Ao chegar no Benfica em 2016 por empréstimo, acabou não conquistando espaço e foi cedido ao belga Standard de Liège. Agora sem saber sobre seu futuro, Danilo colocou sua condição física como um dos fatores pelo insucesso nos Encarnados.

“Não diria que cheguei muito bem fisicamente. Cheguei bem porque me cuido, mas perdi a pré-temporada. Infelizmente não foi positivo. Uma pré-temporada completa é extremamente importante para um jogador se integrar em um grupo e conquistar seu espaço”, afirmou Danilo em entrevista ao jornal O Jogo.

Depois de um começo promissor, com sua estreia apenas quatro dias depois de sua apresentação, Danilo acabou sendo preterido pelo técnico Rui Vitória e fez apenas cinco jogos com a camisa vermelha, sendo deixado de lado na lista de inscritos para a Liga dos Campeões.

“Se eu responder que ficar de fora da lista da Champions não me abalou, não estarei sendo honesto. Fiquei extremamente chateado”, acrescentou o volante de apenas 21 anos e que passou por todas as categorias de base da Seleção Brasileira.

Crente de seu potencial para crescer no futebol europeu, Danilo não revelou sobre seu futuro. “Continuo treinando forte e trabalhando para melhorar como pessoa e como jogador. O que vai acontecer no futuro não posso responder ainda”, disse o jogador, que, apesar de estar no time belga, possui preferência de compra pelo Benfica.

“Se o momento não está favorável, tenho que levantar a cabeça, mudar se tiver algo para mudar e treinar mais forte. O que me faz feliz é jogar”, completou o volante, que já vestiu a amarelinha em 18 oportunidades nas categorias de base.