Vizolli comenta a chegada de Crespo no São Paulo: 'O lado positivo é o que a gente tem que explorar'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Após a vitória por 2 a 1 contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, no último domingo (14), em partida válida pela 36ª rodada do Brasileirão, o treinador Marcos Vizolli comentou, durante entrevista coletiva, sobre a transição que ele vem fazendo e o trabalho que Crespo terá a frente do Tricolor.


Veja a situação do São Paulo no Brasileirão depois da vitória contra o Grêmio!

O treinador interino fez questão de exaltar os pontos positivos da equipe como o que deve ser trabalhado, tanto pela comissão temporária quanto pela comissão de Hernán Crespo, mas não entrou em detalhes sobre quais pontos ele coloca nessa lista.

- Do lado positivo, tem muitas coisas boas. O lado positivo é o que a gente tem que explorar - disse o treinador.

Vizolli porém, não negou a existência de problemas, mas disse que esses serão percebidos pelo próprio treinador argentino quando assumir a equipe. Novamente, frisou a necessidade de passar à nova comissão os pontos fortes do elenco:

- O lado negativo são as coisas que, quando um treinador chega e começa a trabalhar com uma equipe, ele começa a perceber quais as dificuldades que ele vai ter. Então é muito mais fácil passar as coisas positivas, passar aquilo que esse grupo tem de bom e deixar que as coisas negativas ele mesmo, com os olhos da própria comissão dele, possa entender que eles precisam melhorar.


A vitória contra o Grêmio deu sinais de pontos fortes que a equipe deve trabalhar e nos quais Crespo pode achar um caminho, como por exemplo a capacidade do time de pressionar no ataque com a posse de bola, trocando passes para achar as brechas.

Entretanto, no embate do último domingo, Vizolli já apresentou mudanças em relação ao modelo de Diniz, mesmo que o molde seja semelhante. Essas mudanças são: maior velocidade e agilidade com a bola nos pés, abrindo mais espaços e sendo mais objetivo e, também, uma ruptura com algumas insistências do ex-treinador, como a saída de bola pelo chão, indo para o ataque de passe em passe.

Os dois gols da equipe exaltaram isso, mais agilidade e o uso da ligação direta quando necessário.

Com um molde de time propositivo, que trabalha com a bola nos pés, pressionando o adversário, porém que utilize jogadas mais verticais quando necessário, Crespo pode achar um caminho, caminho esse que está sendo encontrado por Vizolli.